Início / Últimas Notícias / ONS reforça monitoramento para evitar problemas com energia na Copa das Confederações

ONS reforça monitoramento para evitar problemas com energia na Copa das Confederações

O suprimento de energia elétrica para os estádios onde haverá jogos da Copa das Confederações terá o monitoramento reforçado, com a participação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Segundo o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner, o ONS fez um acordo operacional com as distribuidoras para ter informações sobre as redes que fornecem energia para os estádios durante o evento.


“O ONS estará olhando essas redes junto com as distribuidoras e, se por acaso tiver algum problema, vai ter mais informações para poder agir mais rápido e auxiliar a distribuidora na recomposição daquela rede”, explicou.


O reforço da segurança para os jogos também prevê que as distribuidoras e transmissoras não façam manutenções programadas em locais considerados estratégicos, como estádios, centros de treinamentos das seleções, hotéis e metrôs, no período de 48 horas antes do evento e 24 horas depois dos jogos. “Claro que, se ocorrer algum problema, eles podem fazer a correção, mas não de forma programada”, explicou Grüdtner. Nesse período, novos usuários não devem ser conectados ao sistema, para não haver nenhum tipo de interferência.


As ações das empresas responsáveis pelo suprimento energético das cidades-sede da Copa das Confederações foram apresentadas hoje (12) ao governo, em reunião com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e com representantes do ONS e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).


As providências também incluem a formação de equipes especiais de plantão durante os jogos, em todo o país, o aumento da segurança em locais considerados estratégicos no fornecimento de energia, o reforço nas redes de transmissão, com criação de subestações próximas aos estádios, a manutenção e a substituição preventiva de equipamentos e o fortalecimento do suprimento em pontos turísticos e locais importantes, como hotéis e hospitais.


Agência Brasil

Leia também.

Ministro ameaça fechar hotéis que cobrarem preços abusivos durante Copa das Confederações

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, anunciou hoje (13) “tolerância zero” para abusos de preços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *