Início / Últimas Notícias / FMI libera parcela de quase 660 milhões de euros do empréstimo para Portugal

FMI libera parcela de quase 660 milhões de euros do empréstimo para Portugal

Portugal vai receber 657,47 milhões de euros (cerca de R$ 1,88 bilhão) do Fundo Monetário Internacional (FMI), relativo à oitava parcela do empréstimo para o programa de ajuda financeira e de ajustamento econômico, acordado com o fundo, o Banco Central Europeu e a Comissão Europeia, que formam a chamada Troika.


A liberação significa que, após mais de dois meses do início da sétima avaliação do programa, os credores do país aceitaram as contas e projeções apresentadas pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, após o Tribunal Constitucional ter reprovado quatro medidas de cortes do Orçamento 2013.


Segundo o comunicado divulgado pelo FMI, foram feitos “progressos consideráveis” desde o início do programa, em 2011, no ajuste fiscal e nas contas externas, e está proposta uma agenda de reformas estruturais.


O credor ainda avaliza que há esforços significativos para a preservação da estabilidade financeira, mas que o país precisa de apoio externo para atravessar o período de crise econômica internacional. O FMI ainda sinalizou ser favorável à prorrogação do prazo do início de pagamento do empréstimo, a princípio de 2015 para 2022.


O anúncio representa algum alívio imediato nas contas públicas, mas não desvia o governo das obrigações acertadas em contrato para equilibrar as despesas e receitas do Estado, em meio a protestos contra a demissão de funcionários públicos, redução das despesas sociais e perda de arrecadação por causa da recessão.


Agência Brasil

Leia também.

Ministro ameaça fechar hotéis que cobrarem preços abusivos durante Copa das Confederações

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, anunciou hoje (13) “tolerância zero” para abusos de preços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *