Início / Últimas Notícias / Fluxo de dólares tem saldo positivo de US$ 1,5 bilhão na primeira semana de junho

Fluxo de dólares tem saldo positivo de US$ 1,5 bilhão na primeira semana de junho

O Brasil continuou a receber dólares, na primeira semana de junho. O saldo da entrada e saída de dólares ficou positivo em US$ 1,568 bilhão, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (12). Em maio, o saldo do fluxo cambial ficou positivo em US$ 10,755 bilhões, o maior resultado desde julho de 2011 (US$ 15,825 bilhões).


Mesmo com a entrada de dólares no país, no entanto, a moeda norte-americana tem apresentado alta. O BC fez ontem, pelo segundo dia seguido, dois leilões sucessivos de swap cambial tradicional, equivalente à venda de dólares no mercado futuro, para suavizar o dólar. Ao final do dia, o câmbio caiu em relação ao fechamento do dia anterior pela primeira vez desde a quinta-feira passada (6). Hoje, o BC não anunciou esse tipo de operação.


Na primeira semana deste mês, o fluxo comercial (operações relacionadas a exportações e importações) ficou positivo em US$ 299 milhões. O fluxo financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações) ficou positivo em US$ 1,270 bilhão, ao contrário do resultado negativo de maio (US$ 3,343 bilhões).


De janeiro à primeira semana de junho deste ano, o saldo do fluxo cambial ficou positivo em US$ 13,739 bilhões, com saldo comercial positivo em US$ 19,023 bilhões e o financeiro, negativo em US$ 5,284 bilhões.


No último dia 4, o Ministério da Fazenda anunciou a decisão de zerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para os estrangeiros que aplicam em renda fixa no Brasil. Desde outubro de 2010, a alíquota em vigor era 6%. O decreto, publicado no Diário Oficial da União na semana passada, estimula a entrada de recursos externos e, por consequência, pode ajudar a conter a alta do dólar.


Agência Brasil

Leia também.

Ministro ameaça fechar hotéis que cobrarem preços abusivos durante Copa das Confederações

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, anunciou hoje (13) “tolerância zero” para abusos de preços …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *